Home Fisiologia 7 formas fascinantes com as quais a cannabis afeta o seu corpo

Inscreva-se

Home > Fisiologia > 7 formas fascinantes com as quais a cannabis afeta o seu corpo
530
4 min

7 formas fascinantes com as quais a cannabis afeta o seu corpo

Staying warm while camping

Reflita um pouco.

O corpo humano é uma maravilha da natureza e da evolução, o qual desafia todos os superlativos. Agora, imagine um sistema que percorre a microscópica constelação que compõe nosso físico, o qual você pode “manipular” por meio do uso da cannabis. Parece estranho para você? Então reserve alguns minutos para conhecer como funciona o sistema endocanabinoide

O que é o Sistema Endocanabinoide (SE)?

Descoberto por cientistas nos anos 1990, o sistema endocanabinoide é responsável por regular diferentes funções do corpo humano. Existem dois principais receptores do sistema endocanabinoide, conhecidos como CB1 e CB2. Eles podem moldar qualquer tipo de sistema no corpo. Uma das maneiras pelas quais é possível manipulá-los é com o uso de compostos à base de cannabis chamados canabinoides, os fitocanabinoides.

Vamos conhecer sete das principais funções e sistemas corporais nos quais o sistema endocanabinoide desempenha um papel fundamental.

1. Memória e aprendizado

Usuária de cannabis pode ter memória de curto prazo afetada

A cannabis é muito conhecida pelo efeito que causa na memória de curto prazo, mas o tema é mais um pouco mais complexo do que isso. O canabinoide tetra-hidrocanabinol (THC) ativa o CB1, que é encontrado em todo o cérebro, inclusive no hipocampo, responsável pela memória. Além disso, o receptor CB1 responde pelo o que é conhecido como o aprendizado de extinção, o processo que permite que novas informações substituam memórias antigas, incluindo as traumáticas. Esta é uma das razões pelas quais a cannabis pode ser utilizada no tratamento de transtorno de estresse pós-traumático (TEPT).

2. Regulação do apetite

Mulher com larica após fumar cannabis

Estudos demonstram que os receptores canabinoides desempenham um papel essencial na regulação da ingestão e metabolização de alimentos. E, embora exista o estereótipo do usuário de maconha cheio de fome em um ataque de larica, há fortes evidências de que o SE pode ajudar a controlar a obesidade e distúrbios alimentares. Pesquisas também apontaram que os usuários de cannabis apresentam menores taxas de obesidade e níveis significativamente mais baixos de índice de massa corporal quando comparados com pessoas que não usam maconha.  

3. Termorregulação

Sistema endocanabinoide ajuda na regulação da temperatura corporal

Nos bastidores, sem que nunca saibamos, nossos corpos mantêm uma temperatura média independentemente de fatores externos. O sistema endocanabinoide também desempenha um papel na termorregulação, e pode elevar a temperatura do corpo humano para combater infecções. A termorregulação também pode proteger contra acidentes vasculares cerebrais (AVC), além de infecções por vírus e bactérias.

4. Processo reprodutivo da mulher

Mulher usuária de cannabis faz teste de gravidez

O sistema endocanabinoide exerce um importante e complexo papel na secreção de hormônios relacionados às funções reprodutivas. Algumas evidências científicas têm mostrado que a cannabis tem o potencial de reduzir a fertilidade feminina e interromper a produção dos hormônios estrogênio e progesterona, atrasar o ciclo da ovulação ou interrompê-lo completamente. Ao mesmo tempo, o envolvimento do SE sugere que a modulação do sistema endocanabinoide é essencial para o sucesso reprodutivo.

5. Atuação do sistema imunológico

Cannabis pode reduzir a tempestade de citocinas

O SE é geralmente considerado um “guardião” do sistema imunológico, principalmente por conta da sua capacidade de suprimi-lo. Esta é uma das principais razões pelas quais a cannabis pode ser eficaz no tratamento de doenças autoimunes, como a Síndrome do Intestino Irritável ou a Artrite Reumatóide. Este efeito é também a razão pela qual alguns produtos à base de cannabis estão sendo estudados como potencial tratamento para evitar a reação excessiva da “tempestade de citocinas” do sistema imunológico, incluindo em pacientes com COVID-19.

6. Sono e seus ciclos

Homem com insônia, que pode ser tratada com cannabis
Noites em claro são comuns em quem sofre de insônia.

A cannabis é um popular tratamento da insônia, e pesquisas têm demonstrado que a ativação dos receptores CB1 pode induzir o sono em laboratório. Ao mesmo tempo, a cannabis pode reduzir o sono REM, a fase do sono na qual os sonhos acontecem. 

7. Percepção da dor

Artrite é um dos males que podem ser tratados com a cannabis
A artrite provoca dores na articulação. (serezniy/123rf)

A dor crônica é o motivo mais comum pelo qual os pacientes recebem prescrição para utilizar a cannabis com fins medicinais. Isso se dá porque o SE é um dos principais sistemas responsáveis pela regulação da dor. Os receptores do sistema endocanabinoide são encontrados em várias partes do sistema nervoso periférico e central e em quase todos os “caminhos” da dor no nosso corpo.

Leave a comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.

By clicking "Post Comment" you agree to our Privacy Policy and to joining The Cannigma mailing list.

Você Há de Gostar

A Cannabis É Um Calmante?
A Cannabis É Um Calmante?
CBD para aliviar abstinência de crack e...
CBD para aliviar abstinência de crack e cocaína?
Associações canábicas: porta de entra...
Associações canábicas: porta de entrada legítima ao universo da cannabis medicinal
Estudo: cannabis na gravidez pode estar ...
Estudo: cannabis na gravidez pode estar associado a autismo em bebês

Mais Artigos

A Cannabis É Um Calmante?
A Cannabis É Um Calmante?
CBD para aliviar abstinência de crack e...
CBD para aliviar abstinência de crack e cocaína?