Inscreva-se

Home Planta Como é o processo de mofo da cannabis?
fev 17, 2020 4 min de leitura

Como é o processo de mofo da cannabis?

author
por Janelle Lassalle
Exemplo de maconha mofada.

Maconha mofada é uma situação que deve ser evitada a todo custo. E uma vez que tirar o mofo da maconha é tarefa complicada (e por vezes impossível, levando à perda total da planta), o melhor é tomar todas as precauções para que isso não aconteça.

O mofo é um tipo de fungo que se desenvolve rapidamente em climas quentes e úmidos, ou seja, o mesmo tipo de ambiente que é perfeito para o cultivo de cannabis. Ele prolifera nas plantas de cannabis que não são cultivadas, tratadas ou armazenadas de forma adequada.

O assunto é sério, pois consumir maconha com mofo pode deixá-lo doente, principalmente se você é um paciente em tratamento e apresenta deficiências em seu sistema imunológico

Confira aqui como identificar o mofo e o que pode fazer para proteger suas plantas.

O problema da cannabis mofada

A presença de mofo na maconha é muito mais comum do que você imagina. Em 2017, pesquisadores do David Medical Center, da Universidade da Califórnia, se uniram aos Laboratórios Steep Hill para testar 20 amostras de cannabis de dispensários de todo o Estado.

A equipe do Dr. Donald Land encontrou evidência de bactérias e fungos patogênicos, incluindo Aspergillus, Mucor e Botryotinia. 

“Surpreendemo-nos ao encontrar em 90% dessas amostras o DNA de patógenos”, disse o Dr. Donald Land, PhD em uma entrevista.

Condições que levam ao mofo

O mofo na maconha prospera especialmente em condições climáticas quentes e úmidas. Ele costuma surgir em locais úmidos, escuros e não ventilados, condições que permitem a proliferação de esporos. 

Como identificar a cannabis mofada

O mofo na cannabis aparece quando ela é exposta a calor e umidade.
Pesquisa na Califórnia identificou a presença de patógenos em 90% das plantas de  cannabis testadas.

A melhor maneira de identificar o mofo é familiarizar-se com os tipos mais comuns de bolor que afetam as plantas de cannabis. Esses incluem:

Oídio branco em pó

Esse tipo de mofo na maconha se parece com um pó branco que cobre as folhas. Pode parecer um indício de tricomas para olhos destreinados. Para identificá-lo, você precisará de uma lupa ou microscópio.

Tirar o mofo da cannabis é tarefa complicada: faça um esforço para evitar seu surgimento.
Para o olho destreinado, alguns tipos de mofo na cannabis são semelhantes ao indício de tricomas.

Botrytis (mofo cinza ou marrom)

Outro tipo comum de mofo na maconha aparece como uma descoloração da planta, geralmente na cola (o conjunto de botões que crescem firmemente juntos). Esse tipo de bolor geralmente é de cor cinza ou marrom. Se você notar uma cola caída em uma planta saudável, é uma boa indicação de que há presença dessa espécie de  mofo. 

Fungos em forma de teia

Você também pode encontrar na maconha mofada uma estrutura semelhante a uma teia de aranha, geralmente de cor marrom, branca ou cinza. 

Mofo em flor de cannabis.
Bolor aparente em uma flor de maconha. (Shutterstock)

Mofo viscoso

Alguns bolores também podem ter uma textura viscosa, dando à planta uma aparência apodrecida. Eles também podem criar manchas escuras nas folhas, geralmente marrons ou verdes.

Outros sinais incluem folhas amareladas ou caídas, ou ainda raízes descoloridas. Você também pode identificar a maconha mofada cheirando-a, pois o mofo produz um odor acre, semelhante à amônia. O bolor também pode ser identificado com a ajuda de uma luz negra UV-A.

O que fazer ao identificar o mofo na cannabis

O mais indicado é se desfazer maconha mofada imediatamente. Essa também é uma forma de evitar que se propaguem para outras que estejam próximas. 

Você também pode optar por cortar a parte contaminada e aguardar a reação da planta. No entanto, o mais indicado é realmente desfazer-se de toda a muda.

Riscos do mofo para sua saúde (intertitle)

moldy-marijuana-bud-rot
Alguns bolores podem fazer com que a cannabis pareça apodrecida. (Shutterstock)

Entrar em contato com o mofo pode ter uma ampla gama de efeitos sobre a sua saúde. Esses incluem:

  • Tosse ou sintomas parecidos com os da asma
  • Fadiga
  • Fraqueza
  • Dor no peito
  • Mente nebulosa / dificuldades de memória
  • Tontura
  • Infecções sinusais e pulmonares em pessoas com sistema imunológico comprometido 

Como prevenir o mofo na cannabis

Tirar a mofo da maconha é uma tarefa bem complicada. Assim, a melhor maneira de lidar com ele é evitar que apareça. Isso pode ser feito desde que você garanta ter:

  • Um sistema de filtragem do ar de alta qualidade 
  • Desumidificadores
  • Ventiladores
  • Um monitor de temperatura/umidade para manter temperaturas constantes
  • Distanciar as plantas, evitando aglomeração
  • Regar adequadamente
  • Podar as plantas conforme necessário (desfolhamento)
  • Garantir que a cannabis seja totalmente curada antes de fechá-la em frascos herméticos

Deixe um comentário