Inscreva-se

Home Produtos Como Conservar Bem a Cannabis
set 15, 2019 Atualizado em jun 16, 1921 11 min de leitura

Como Conservar Bem a Cannabis

author
por Andrea Nestoroska
Revisão científica realizada por Codi Peterson, PharmD
Maconha no congelador ou em sacos plásticos é uma má ideia

Você provavelmente ouviu falar que o mais indicado para conservar sua maconha é armazená-la em locais frescos e arejados. No entanto, isso não significa que basta você colocar sua erva em um saco plástico, enfiar na gaveta ou na geladeira e pronto.

Assim como qualquer outra erva com benefícios terapêuticos, a maconha exige alguns cuidados especiais para conservar suas propriedades ativas por mais tempo. Claro que você não precisa investir em equipamentos especiais ou adquirir um sistema que isola sua planta do mundo. Com um pequeno esforço, você é capaz de assegurar a conservação da maconha nas condições ideais, não importando quanto tempo levará para consumi-la totalmente. 

Assim, o que você realmente precisa fazer para preservar sua cannabis? O que acontecerá com ela caso não seja armazenada da forma adequada? Congelar a maconha ou armazená-la na geladeira ou no congelador é uma boa solução? Vamos nos aprofundar nesse assunto começando a partir de uma listagem do que você deve ou não fazer.

Como armazenar a cannabis

O que fazer:

  • Proteja-a da luz
  • Mantenha a maconha em um recipiente hermético
  • Use recipientes de vidro
  • Assegure-se de que o recipiente esteja limpo e seco antes de utilizá-lo
  • Coloque o recipiente em um local seco (mas não muito)
  • Tente utilizar embalagens antiumidade

O que NÃO fazer:

  • Armazenar a maconha na geladeira ou no congelador
  • Colocar em sacos plásticos
  • Deixar a erva exposta à luz
  • Abrir o recipiente de armazenamento sem necessidade 
  • Tocar nas flores mais do que o necessário
  • Deixar em lugares acessíveis a crianças 

Primeiro passo: a temperatura ideal para conservar a cannabis 

Para você conservar a maconha e todas as suas propriedades, você pode ter o recipiente perfeito, hermético e à prova de luz. Mas se a temperatura estiver errada, tudo pode virar fumaça, no pior sentido.

Muitos aconselham guardar a maconha locais frios, mas isso quer dizer que para conservar bem o prensado ou a flor em natura você deve recorrer à geladeira?

Para ir direto ao ponto, o mais recomendado é manter a cannabis em temperaturas abaixo de 21°C. Já a temperatura que propicia a evolução do mofo está entre 25 e 30°C. Portanto, isso deve ser evitado a todo custo. O calor excessivo também pode secar e destruir canabinoides e terpenos. De acordo com a USP, que estabelece padrões para produtos farmacêuticos nos EUA, temperaturas “frias” são aquelas entre 8 e 15°C.

Pesquisas sobre a conservação da cannabis 

Um estudo experimental realizado em 2012 sobre o armazenamento a longo prazo e a estabilidade do óleo de cannabis apontou que, embora o THC sofra uma degradação gradual ao longo do tempo, um quarto apresentou redução de quantidade desse canabinoide (23,16%) ao ser exposto à luz a 22°C ou mais em apenas um ano. 

O estudo também concluiu que, quando mantido no escuro a uma temperatura baixa de 4°C, o óleo de cannabis perdeu em média 21,6% de seu THC. Como esperado, o conteúdo de CBN aumentou durante o período de armazenamento, uma vez que, com o passar do tempo, o THC converte-se em CBN. Este estudo concluiu que a melhor temperatura sob a qual deve ser armazenada a maconha é abaixo de 21°C.

Por outro lado, o mesmo estudo mostrou que uma queda de 11,3% da quantidade de CBD em amostras armazenadas sob 4°C. Quando armazenadas em laboratório sob temperatura de 22°C, no entanto, a média de perda foi de 13,45%. Mais uma vez, a cannabis armazenada em condições normais (luz natural e temperatura ambiente) apresentou uma diminuição maior no volume de canabinoides quando comparada àquela preservada em condições especiais (em local escuro e com baixa temperatura). 

Em resumo, proteger a cannabis do calor e da luz é um dos passos mais fáceis que você pode tomar para preservá-la por muito tempo. Se você planeja armazenar seu estoque por um longo período, deve definir um local fresco e escuro da casa, como a parte de trás do armário ou um porão.

Como armazenar a cannabis seca

A qualidade da flor de cannabis seca é impactada por diversos fatores, incluindo a exposição ao oxigênio, luz, calor ou umidade. A exposição a qualquer um destes aspectos pode causar mofo ou ressecamento dos botões da maconha. 

Mas por que o ressecamento é um problema já que você ainda assim pode fumar a erva? A resposta é simples: o efeito comitiva ou efeito entourage. Condições ideais preservarão os canabinoides e terpenos da planta. Dessa forma, da próxima vez que você fumá-la, terá uma experiência similar à da primeira vez em que a utilizou.

Idealmente, a maconha deve ser armazenada em um local fresco, seco (mas não muito) e sem luz. 

Confira aqui alguns dos métodos mais populares de armazenagem da cannabis.

Sacos plásticos ou tipo ziploc

São superpráticos, mas dessa forma você não protegerá sua erva da luz, não garantirá hermeticidade e ainda poderá danificar ou remover os tricomas dos botões. Essa é a pior forma de você preservar sua erva.

Caixas de madeira

São uma opção de armazenamento elegante e atraente que bloqueia a luz, mas normalmente não são herméticas e não protegem da umidade. Na verdade, a menos que seja um caixa umidificadora, ela pode ressecar sua cannabis.

Recipientes de vidro 

São considerados o recipiente ideal de armazenamento de maconha: eles são herméticos, não apresentam carga estática e permitem que você veja sua erva sem abri-lo e sem retirar a erva de seu interior. O vidro conserva o cheiro e a umidade, preservando os preciosos terpenos. Apenas certifique-se de manter a erva em um local escuro, pois o vidro transparente não protege da luz. Uma opção ainda melhor é usar potes de vidro opaco, marrom ou verde escuro.  

Contêiner plástico/Tupperware

Tupperware e outros recipientes de plástico rígido podem proteger da luz, mas produzem uma carga estática que pode fazer com que tricomas grudem no plástico, roubando preciosos canabinoides e terpenos das flores. Eles também não oferecem o mesmo nível de proteção contra a perda de água, como acontece com o vidro. Considere-os uma opção de armazenamento temporário.

Freezer ou congelador

Se você armazena tantas outras coisas no freezer, por que não a maconha? Porque, ali, a baixa temperatura deixará os tricomas quebradiços e eles facilmente cairão dos botões, fazendo com que se percam canabinoides e terpenos. E se você armazenar sua erva na geladeira, as flutuações de temperatura e umidade podem reduzir sua vida útil. 

Frasco de comprimidos ou caixinhas de filme fotográfico

Para os fãs de cannabis da velha escola que se lembram daquelas caixinhas pretas de filmes fotográficos, elas foram de fato uma espécie de sinônimo de “contêiner de erva”. Assim como frascos de comprimidos de plástico, eles são uma forma compacta e conveniente de armazenamento. No entanto, não são ideais para guardá-la por um prazo longo pelos mesmos motivos dos outros recipientes plásticos. Mas, com certeza, esses contêineres são muito úteis quando você está em trânsito.

Umidificador de charutos 

Não apenas para o seu amigo que fuma charutos um pequeno umidificador de madeira é útil. Os umidificadores de cannabis podem conservar a umidade correta da maconha, e normalmente consistem em uma caixa de madeira com recipientes de vidro internos.

Como armazenar comestíveis de cannabis

Cada tipo de comestível à base de cannabis tem sua forma ideal de armazenamento. Assim como aqueles doces sem cannabis, balas de goma de maconha e brownies apresentam um diferentes prazos de vida útil. 

Se forem comestíveis industriais, como gomas ou chocolates de THC, você deve seguir as instruções fornecidas pelo fabricante para armazenamento. (Entenda questões como: é necessário refrigerar após a abertura?, quanto tempo dura o prazo de validade após a abertura?, e assim por diante.)

Se forem feitos em casa, a exemplo dos brownies de maconha, então considere-os da mesma forma que qualquer outro alimento perecível, lembrando que a presença de ovos e manteiga reduzem sua vida útil. 

Mantenha-os em um recipiente hermético, preferencialmente na geladeira, para que não estraguem muito rapidamente. Outras dicas relevantes para você:

– Embrulhe brownies e biscoitos em papel encerado (filme plástico pode grudar nos comestíveis no freezer) e armazene-os no freezer, de forma que possam ser conservados por vários meses. Como a erva já não está na forma de flor, você não vai desperdiçar tricomas.

– No caso da manteiga e do óleo de cannabis feitos em casa, guarde-os na geladeira ou na bancada da cozinha em temperatura ambiente. Se você tem um lote grande que não planeja comer nos próximos dias, armazená-lo no congelador é uma boa ideia. 

– Um truque simples para a manteiga é preencher uma bandeja de cubos de gelo com ela, guardá-los no congelador e usar cubo a cubo conforme a necessidade.

Uma regra crucial a se ter em mente ao armazenar alimentos é mantê-los etiquetados e fora do alcance das crianças, de preferência em um armário com tranca. Protegê-las das crianças pode parecer senso comum, mas incidentes deste tipo acontecem com mais frequência do que você pode imaginar, e as crianças não toleram cannabis tão bem quanto os adultos. 

Outra medida importante para conservar sua maconha é, caso você compre em forma de chicletes ou balas, mantenha-os no recipiente original para evitar que um hóspede não consiga identificá-los e acabe consumindo-os sem saber.

Armazenamento ideal da cannabis é feito em potes de vidro
Recipientes de vidro são ideais para armazenar sua cannabis.

Quanto tempo a cannabis mantém o frescor?

Como acontece com muitos ingredientes, a vida útil da maconha depende de como você cuida dela. Se sua erva tiver sido bem seca e curada, e você a conservar em um local fresco e escuro com o equilíbrio certo de umidade, ela pode durar bem mais de seis meses, por vezes até um ano ou mais, antes de começar a perder sabor e força de forma significativa. 

Por outro lado, se você não armazenar adequadamente sua flor de cannabis, ela pode secar rapidamente. Menos comumente, com cura, secagem ou armazenamento inadequados, a cannabis pode de fato ficar bolorenta e estragar.

Temos outros dados interessantes para compartilhar. De acordo com um relatório publicado pelo United Nations Office on Drugs and Crime, quando a cannabis de baixa potência é armazenada em temperatura ambiente (21°C) e protegida da luz, a concentração do THC no material diminui em aproximadamente 15% após um ano, 25% após dois anos, 35% após três e 40% após quatro anos. 

O relatório também cita um estudo de 1970 que apontou que “o THC contido na cannabis armazenada em temperatura ambiente diminui na velocidade de 3% a 5% por mês”. Essa suposição é baseada em muitos estudos mais recentes sobre perda de potência. 

De fato, após quatro anos de armazenagem, mesmo a maconha estando protegida da luz, a maior parte do THC de flores e concentrados se degradam, transformando-se em subprodutos como canabinol (CBN).

Todos nós já ouvimos histórias sobre pessoas que encontraram saquinhos com maconha esquecidos em algum lugar. A maconha envelhecida é geralmente segura para consumo, mas produzirá uma fumaça seca e áspera, com sabor limitado e fraco efeito. Isso se deve à perda de terpenos e à degradação dos canabinoides.

Cannabis pode estragar?

Isso nos leva a outra pergunta: maconha pode estragar? Não apenas no sentido de se tornar seca e fraca, mas pode tornar-se prejudicial ao consumo? 

A erva velha pode representar um risco à saúde se for mantida em condições úmidas que a levaram a desenvolver mofo. Fumá-la nessa condição pode ser muito desagradável, fará você tossir e causará náuseas. Para pessoas com sistema imunológico enfraquecido, fumar maconha com bactérias ou mofo pode realmente deixá-las gravemente doentes, ou pior.

Por sorte, caso você tenha adquirido maconha testada e mantê-la em um local refrigerado e sem umidade, provavelmente você nunca terá problemas com isso. 

Umidade e cannabis 

Quando se trata de umidade e armazenamento de maconha, é importante buscar o equilíbrio. Com muita umidade, você pode acabar com ervas mofadas. Com muito pouca umidade, você terá ervas excessivamente secas e quebradiças que podem gerar uma fumaça forte. Condições excessivamente secas também podem degradar os terpenos e canabinoides, afetando seu cheiro, sabor e o “high” resultante.

Mas como saber quais são essas condições exatamente? 

Uma boa faixa de umidade está em torno de 59-63%, embora alguns especialistas digam que a ideal é em torno de 55-65%.

A maneira mais confiável de controlar a umidade é usar um desumidificador, mas uma solução ainda mais simples, e também barata, é jogar alguns saquinhos antiumidade dentro de seu recipiente. Eles certamente ajudarão a manter o equilíbrio entre muito úmido e muito seco.

Como armazenar cannabis sem cheiro

Quando a cannabis é fresca e foi perfeitamente curada, ela pode ter um aroma pungente e “forte” o suficiente para que o cheiro se espalhe pelo ambiente, mesmo através de um saco plástico.

Um frasco de vidro hermético resolverá parcialmente a questão do cheiro, mas não totalmente. Caso essa seja uma preocupação para você, tente colocar sua erva dentro de um recipiente menor dentro de um maior selado, ou apenas certifique-se de que está inserido dentro de outro espaço fechado, como um armário ou gaveta.

Existem também todos os tipos de sacos e recipientes à prova de odores que podem ser adquiridos online. Na maioria dos casos, você pode colocar sua erva em um frasco hermético dentro do saco, criando duas barreiras ao cheiro.

Você também pode investir em alguns produtos simples de absorção de odores ou purificadores de ar para mascarar o cheiro da cannabis. 

Como armazenar sementes de cannabis

Quando armazenadas corretamente, as sementes de cannabis podem permanecer saudáveis ​por vários anos. Para isso, você deve mantê-las em um local fresco, escuro e seco, onde não sejam expostas à luz, calor ou umidade.

Se você estiver procurando por um armazenamento de longo prazo, as sementes devem ser mantidas muito mais resfriadas, de preferência na geladeira. Lembre-se de que você deve ficar de olho na umidade da geladeira, então certifique-se de mantê-la em um recipiente hermético. 

As sementes que são expostas à umidade podem começar a brotar, o que não é o ideal se você estiver tentando preservá-las. Se você tiver uma geladeira menor separada, como uma adega que pode ser dedicada ao armazenamento de sementes, isso impedirá que mudanças de temperatura ou umidade caso abra a porta da geladeira repetidamente.

Muito parecido com a flor de cannabis, você deve armazenar as sementes em um recipiente, como um pequeno frasco, onde não serão esmagadas ou manuseadas diretamente. Se você comprou sementes em lojas, tente mantê-las em sua embalagem original, se possível.

Recipientes ideais para armazenar cannabis

Investir em potes herméticos de alta qualidade pode sair um pouco caro, mas definitivamente vão ajudá-lo a conservar melhor sua maconha. Para proteger a cannabis da exposição à luz, use um frasco de vidro âmbar. Quanto mais escuro, melhor. 

Os potes de vidro protegem a cannabis do ar e da umidade e mantêm o aroma fresco. Se você não quiser investir em um pote sofisticado, um modelo simples faz o trabalho muito bem e vai custar pouco.

Você também deve procurar um contêiner que não seja muito grande para seu estoque. Quanto menos ar dentro do recipiente, mais o frasco ajudará a preservar os terpenos. Além disso, em um frasco menor, mesmo uma quantidade relativamente pequena de cannabis parecerá  mais abundante.

A melhor forma de manter as propriedades da cannabis é armazenar corretamente
Quando acondicionada em potes herméticos, sua cannabis conserva melhor suas propriedades. 

Armazene a cannabis longe da luz

A luz é um dos maiores inimigos de concentrados e flores secas de cannabis.

Um estudo publicado no Journal of Pharmacy and Pharmacology, em 1976, verificou a estabilidade de soluções de cannabis armazenadas em diferentes condições. O estudo descobriu que a exposição à luz — e não apenas a luz direta do sol — teve o maior impacto em termos de perda de canabinoides, especialmente em concentrados. 

Embora qualquer exposição à luz seja ruim, expor a cannabis à luz solar direta não deve ser nem ao menos considerada. Os raios ultravioleta do sol quebram a matéria orgânica, o que na cannabis resulta na degradação dos canabinoides e na redução da potência das flores.

Caso você não tenha um porão ou despensa escuros e frescos o suficiente para sua cannabis, você pode conservar seus potes com maconha em gavetas para eliminar a exposição à luz. Se sua despensa não for exposta à luz, você nem mesmo precisará de um frasco de vidro colorido.

Não armazene a cannabis em sacos plásticos

Embora muitas pessoas usem saquinhos plásticos para armazenar sua maconha, elas são uma das piores opções de armazenamento. Sacolas plásticas não protegem a erva de umidade, luz ou ar, o que impactará o seu frescor. Além disso, existe o risco de esmagamento dos botões, o que pode resultar na perda dos tricomas, deixando-a menos potente. 

Por falar em tricomas, a energia estática produzida dentro de sacolas plásticas pode danificar ou arrancar os tricomas dos botões, algo que ninguém deseja.

Congelar sua cannabis é uma má ideia

Armazenar maconha no congelador não é recomendado por vários motivos. Primeiro, os botões de cannabis podem ter sido congelados após a colheita pelos produtores. Congelá-la novamente pode degradar os botões e levar ao crescimento bacteriano. Outro problema comum ao congelamento são as baixas temperaturas que fazem com que os tricomas fiquem rígidos como pingentes de gelo e se quebrem, reduzindo a potência dos botões.

Abra o pote apenas quando necessário

Por fim, agora que você encontrou o recipiente perfeito para sua erva, assim como o local certo para colocá-la, deixe-a em paz o máximo possível. 

Basicamente, quanto menos você abrir, tocar e mover seus botões de cannabis, melhor. Fazê-los constantemente levará à perda dos tricomas. Quando tocados, eles tendem a aderir em seus dedos em vez de permanecer na flor. 

Além disso, os terpenos que fazem sua erva cheirar tão bem são perdidos sempre que você remove a tampa. Perdê-los pode influenciar os efeitos e o sabor de sua erva. Portanto, certifique-se de abrir seu frasco apenas quando pretende usar sua cannabis.

É emocionante ter nugs com imagens perfeitas. É natural querer olhá-los enquanto você os segura na palma da sua mão ou despejá-los na mesa à noite para obter a foto perfeita. Isso é compreensível. 

No entanto, quando armazenados e tratados da maneira certa, seus botões durarão mais tempo, terão um sabor melhor e manterão o cheiro forte. Você só tem a ganhar com isso.

Deixe um comentário