Home Planta
Como Saber a Diferença Entre Cannabis Masculina e Feminina

Como Saber a Diferença Entre Cannabis Masculina e Feminina

Cannabis plants

A planta da cannabis não tem um único sexo. Ao longo da maior parte de sua história, a cannabis evoluiu naturalmente por meio da reprodução sexual. Só nos últimos anos é que técnicas “estéreis”, como clonagem e propagação de tecidos, tornaram-se padrão na indústria.

As razões pelas quais os cultivadores tradicionais não polinizam a cannabis são simples: as plantas masculinas não produzem botões grandes e as plantas femininas polinizadas concentram sua energia na produção de sementes em vez de botões de qualidade. Só as plantas femininas não polinizadas recompensarão os produtores com os botões resinosos que eles esperam. Felizmente, existem muitas técnicas simples que os produtores podem usar para localizar machos prejudiciais antes que seus sacos de pólen estourem.

Como saber se uma planta de maconha é masculina ou feminina

Existe apenas um método infalível para determinar adequadamente o sexo de sua planta de cannabis: examinar os nós. Nessas junções entre o caule principal e os ramos, devemos ver os primeiros sinais de uma planta masculina ou feminina.

As plantas masculinas desenvolvem sacos de pólen em forma de bola; as fêmeas têm filamentos brancos e finos, chamados “pistilos”, que servem para coletar pólen de plantas masculinas. Algumas plantas desenvolvem sacos polínicos e pistilos, sendo consideradas hermafroditas, mas devem ser tratadas como masculinas (falaremos sobre isso mais adiante).

Até ver os pistilos brancos, é difícil saber se temos uma planta feminina no jardim. No entanto, as plantas masculinas tendem a “exibir o sexo” bem antes das plantas femininas. Portanto, se você notar essas saliências no início do estágio vegetativo, é mais provável que você tenha uma planta masculina.

Vale a pena mencionar que os sacos de pólen assemelham-se aos ases de um baralho de cartas. Os cálices femininos, por outro lado, costumam ter uma ponta mais estreita, de onde sairá o pistilo.

Observação: Não se assuste quando vir os pistilos mudarem de cor. Na verdade, você deve se preocupar se os pistilos não mudarem de branco para âmbar. Em todas as plantas de cannabis saudáveis, os pistilos escurecem gradualmente com o amadurecimento.

Em que momento dá para saber o sexo de uma planta de maconha?

Não há um momento específico, mas você provavelmente notará os primeiros sinais do sexo da sua planta pouco antes da floração (cerca de seis semanas).

De acordo com a maioria dos cultivadores, as plantas masculinas desenvolvem-se mais rápido do que as femininas. Na verdade, não é incomum que os sacos polínicos surjam depois de duas ou três semanas de vegetação.

Se você não tiver certeza de qual é o sexo de sua planta no estágio vegetativo, tenha cuidado antes de adotar uma programação de luz de floração. Uma vez iniciado o processo, enviamos um sinal para as plantas masculinas de que é hora de polinizar. Assim, se não detectarmos logo as plantas masculinas o suficiente, corremos o risco de polinizar as plantas femininas.

Existem outras maneiras de distinguir a maconha masculina da feminina?

A única maneira infalível de diferenciar a maconha masculina da feminina é examinar os nódulos. No entanto, existem alguns indicadores secundários de gênero a serem considerados.

Por exemplo, alguns cultivadores de cannabis afirmam que as estípulas em torno dos nós de uma planta têm bordas mais afiadas nas plantas femininas. Se essas pequenas folhas forem mais arredondadas, há maior chance de sua planta ser do sexo masculino. Além disso, alguns jardineiros dizem que há mais estípulas nas plantas femininas do que nas masculinas. Devemos lembrar, entretanto, que não há uma ciência precisa para respaldar essa “teoria estipular”.

Outra característica a examinar é o tamanho da haste principal. Normalmente, as plantas masculinas têm caules mais grossos do que as femininas. Além disso, alguns produtores dizem que as plantas masculinas são mais altas e têm menos folhas em leque do que as femininas.

É possível saber o sexo de uma planta com base em sementes de cannabis?

cannabis seeds
Sempre evite sementes verdes, moles ou quebradiças. (Algirdas Gelazius / 123rf)

Infelizmente, não dá para saber o sexo de uma planta de cannabis só olhando as sementes. Todas as sementes de cannabis saudáveis ​​têm as mesmas características (ou seja, são duras, de cor marrom e aspecto brilhoso, com listras cinza). Sempre evite sementes verdes, moles ou quebradiças.

Embora não seja possível determinar o sexo de uma semente só pela aparência, muitos criadores oferecem sementes pré-sexadas. Muitos bancos de sementes agora têm sementes feminizadas, eliminando as suposições do cultivo da maconha. Basta cultivar essas sementes em um ambiente propício que todas elas expressarão características femininas durante a vegetação.

Quem compra “sementes regulares” deve reservar um tempo extra para analisar os nós de cada planta. Na maioria dos casos, cerca de 50% das sementes em um lote não feminizado darão origem a plantas masculinas.

Que negócio é esse de planta de cannabis hermafrodita?

Em uma planta hermafrodita, veremos sacos de pólen e pistilos em toda a sua extensão. (Shutterstock)

Curiosamente, o hermafroditismo não é tão incomum no reino da cannabis. Mesmo trabalhando com sementes feminizadas, provavelmente notaremos algumas plantas de cannabis “herm” ao longo do processo de cultivo.

Em uma planta hermafrodita, veremos sacos de pólen e pistilos em toda a sua extensão. Talvez haja também um saco de pólen diferente, “em forma de banana”, nas flores femininas. Ambas as condições são sinais claros de que a planta é hermafrodita.

Embora as plantas hermafroditas sejam tecnicamente masculinas e femininas, devemos tratá-las como masculinas. Essas plantas ainda têm muitos sacos de pólen que estourarão durante a fase de floração. Para evitar a polinização das plantas femininas, é melhor remover as hermafroditas o mais rápido possível. Outra opção é remover cuidadosamente os sacos de pólen das hermafroditas, mas essa técnica só é recomendada para cultivadores experientes.

Então, por que uma planta de cannabis torna-se hermafrodita? A principal hipótese é que o hermafroditismo é uma resposta a estressores ambientais. Se a planta feminina sentir que não tem energia suficiente para receber pólen da planta masculina, ela criará seus próprios sacos de pólen. Portanto, a melhor maneira de evitar o hermafroditismo é manter um ambiente estável e sem estresse no meio de cultivo.

Isso não significa, porém, que a genética não tenha impacto sobre o hermafroditismo da cannabis. Certas cepas (por exemplo, Gorilla Glue nº 4 e Blueberry) têm risco de hermafroditismo maior do que a média. Se você é novo no cultivo de cannabis, vale a pena ler alguns fóruns de cultivo para ver se alguma de suas cepas favoritas tem problemas de hermafroditismo.

Os cultivadores podem fazer alguma coisa para que as sementes regulares se tornem plantas femininas?

Não há como garantir o gênero de uma semente regular, mas alguns cultivadores dizem que o ambiente pode influenciar o sexo da planta: o estresse ambiental desnecessário diminui as chances de ter plantas femininas.

Para aumentar a chance de ter flores femininas, monitore constantemente fatores fundamentais, como pH, temperatura e umidade. Outra ideia é optar por horários de iluminação mais curtos do que a média durante a vegetação. Alguns cultivadores afirmam que horários de iluminação 16 / 8 ou 14,5 / 9,5 aumentam as chances de ter plantas femininas. Lembre-se de que esses períodos de iluminação mais curtos farão com que as plantas cresçam de modo mais lento.

Sobre o assunto da iluminação, alguns jardineiros de ganja argumentam que as luzes de cultivo com espectro azul aumentam as chances de surgirem plantas femininas, pois este estaria o mais próximo possível da luz natural do sol, sendo, portanto, menos estressante para as sementes.

Isenção de responsabilidade: os cientistas ainda não confirmaram ou refutaram qualquer uma dessas dicas de cultivo. Embora seja sempre bom criar um ambiente de cultivo estável, não há garantia de que qualquer um desses métodos possa influenciar o gênero de suas sementes.

As plantas masculinas de maconha têm alguma utilidade?

Marijuana leaves in a trash can
Folhas e plantas de maconha descartadas (The Cannigma / Anthony Travagliante)

As plantas masculinas sempre serão secundárias em relação às flores feminizadas. Embora as plantas masculinas produzam alguns canabinoides, elas não podem ser comparadas aos botões feminizados, ricos em tricomas. No entanto, isso não significa que as plantas masculinas são totalmente inúteis.

As plantas masculinas são essenciais para preservar o legado genético das espécies de cannabis. Evidentemente, a clonagem pode produzir plantas de cannabis idênticas, mas isso não é necessariamente algo bom. Na verdade, uma dependência excessiva da cannabis clonada pode eliminar a “cannabis natural”. Qualquer pessoa preocupada com a diversidade genética das espécies de cannabis deve cruzar plantas masculinas e femininas conforme previsto por natureza.

No entanto, além de utilizar cultivares de cannabis, os jardineiros dizem que as plantas masculinas de cannabis têm um potencial fantástico como “planta companheira”. Muitas plantas masculinas emitem terpenos, capazes de repelir naturalmente pragas indesejadas. Portanto, se você cultiva vegetais ou frutas ao ar livre, é uma boa ideia plantar cannabis masculina nas proximidades.

Por último, uma vez que as plantas masculinas de cannabis têm um ótimo perfil nutricional, muitos jardineiros afirmam que elas são uma adição fantástica ao composto. Se você gosta de fazer mulch em casa, considere adicionar sua planta de maconha à mistura para incrementar o processo.

Nunca ignore os nós: descubra o sexo de sua planta de primeira

No início, pode parecer difícil distinguir plantas masculinas e femininas. No entanto, quando você começar a examinar de perto os nódulos de sua planta, será mais fácil separar esses dois gêneros. Reserve um tempo para estudar fotos de plantas masculinas, femininas e hermafroditas para saber o que está procurando. Uma dica final: invista em uma lupa de bolso para ter uma visão mais nítida dos potenciais pistilos de sua planta.

Thanks for your feedback!

Sign up for bi-weekly updates, packed full of cannabis education, recipes, and tips. Your inbox will love it.