Inscreva-se

Home > CBD > CBD: Como Encontrar o Melhor Produto Para Suas Necessidades
811
8 min

CBD: Como Encontrar o Melhor Produto Para Suas Necessidades

O CBD conquistou rapidamente a atenção mundial. Os consumidores preocupados com a saúde estão adotando esse componente não psicoativo da planta por seu potencial significativo para a saúde e o bem-estar. Embora o CBD seja legal em alguns países e permaneça proibido em outros, sua indústria ainda é amplamente desregulada. Isso deixa as portas abertas para que empresas mal-intencionadas vendam produtos adulterados, não supervisionados de qualidade questionável.  

Por isso, é essencial saber como se proteger e não utilizar produtos que provavelmente não atenderão às suas necessidades. Compreender as fontes potenciais de CBD, conhecer as diferenças significativas entre os tipos de produtos e entender as várias maneiras de usar o canabidiol (CBD) lhe ajudarão a encontrar o melhor produto para suas necessidades e seu estilo de vida.

Uma breve explicação sobre o CBD

CBD é a abreviação comumente usada para o canabinoide canabidiol. Os canabinoides funcionam essencialmente como neurotransmissores. A pesquisa mostra que esse canabinoide de origem vegetal tem efeitos ansiolíticos, analgésicos, anti-inflamatórios, antieméticos, antiespasmódicos e propriedades antipsicóticas por causa do modo como os canabinoides interagem com receptores-chave em todo o nosso corpo – os componentes do sistema endocanabinoide.

Ao selecionar um produto que contenha CBD, é importante entender que existem duas fontes igualmente válidas: cepas de cannabis intoxicantes regulares e cânhamo. Ambos os tipos de plantas podem conter uma quantidade significativa de CBD, mas as proporções de CBD e THC podem variar. O produto mais conhecido como óleo de CBD é na verdade uma tintura feita com extrato de cannabis e um óleo transportador selecionado para melhorar a biodisponibilidade dos canabinoides. Embora as plantas de cannabis sejam semelhantes em muitos aspectos, seus extratos são bem diferentes. Considere os seguintes exemplos:

  • Extrato de cannabis
    O óleo extraído de plantas regulares de cannabis contém CBD, mas em geral apresentam significativamente mais THC (tetra-hidrocanabinol) do que o extrato de cânhamo. É o THC que causa o tipo de intoxicação pela qual a cannabis é conhecida, por vezes chamada de “high”. Algumas cepas da planta contêm pouco CBD. Embora o uso recreativo de cannabis seja proibido na maioria dos países, programas de prescrição médica foram desenvolvidos em vários países.
  • Extrato de cânhamo
    O óleo extraído do cânhamo contém CBD e apenas traços de THC, em quantidade insuficiente para causar intoxicação. Os parâmetros que definem a legalidade do CBD derivado de cânhamo variam de acordo com cada país.

Como Obter Prescrição Para o CBD Derivado de Cannabis

Nos países em que é possível obter uma prescrição para o CBD derivado da cannabis, um médico avaliará se o seu uso poderá ajudar o paciente. Em geral, também a companhia de seguros precisa concordar em cobrir o custo do tratamento. Se o uso de cannabis for aprovado, o CBD derivado da cannabis poderá ser adquirido através de um dispensário. Como os produtos de CBD derivados da cannabis são usados medicinalmente, a indústria é bastante regulamentada.

Como Selecionar um Produto Derivado do Cânhamo

Se você passou algum tempo pesquisando a validade do uso de CBD, provavelmente encontrou vários relatórios de empresas que vendem produtos contendo muito menos CBD do que o exigido. Isso acontece com mais frequência do que a maioria dos clientes imagina.

Sem padrões reguladores, esses produtos também podem conter pesticidas, metais pesados, solventes, mofo ou outras substâncias potencialmente tóxicas. Quanto mais você souber sobre o processo de fabricação de seu produto com CBD, maiores serão suas chances de localizar os de alta qualidade. Antes de comprar, você deve saber as respostas para as quatro perguntas seguintes:

#1 – Como as Plantas São Cultivadas?

O cânhamo é bem conhecido por sua capacidade de absorver contaminantes do solo. Isso significa que quaisquer fungicidas, herbicidas e pesticidas usados para proteger as plantações de cânhamo podem contaminar seu óleo de CBD. Para garantir que seu produto seja da mais alta qualidade, é importante que as plantações de cânhamo sejam cultivadas usando métodos naturais. O cânhamo naturalmente é cultivado sem o uso de pesticidas perigosos e em solo testado quanto à contaminação, antes do plantio das sementes.

#2 – Como É Extraído o Óleo?

As hastes, caules, flores e folhas das plantas de cannabis contêm um volume significativo de canabinoides, flavonoides vegetais e terpenos, além do CBD. As maiores concentrações desses elementos vegetais são encontradas na flor. Os óleos essenciais ricos em canabinoides devem ser separados da matéria vegetal antes da fabricação da maioria dos produtos. Como o CBD é um produto consumível, é essencial utilizar um método de extração seguro para alimentos. Os dois métodos mais comuns de extração de CBD são por CO2 e etanol. Embora ambos sejam considerados seguros, o etanol pode deixar resíduos no produto final. Acredita-se que a extração por CO2 seja a melhor opção.

#3 – É Possível Verificar a Qualidade do Produto pelos Resultados de Testes? 

Fabricantes respeitáveis de CBD testam seus produtos para garantir sua consistência, potência e pureza. Os testes feitos por uma empresa terceirizada e certificada garantem que os produtos sejam tão potentes quanto o alegado e estejam livres de contaminantes. Como qualquer empresa pode afirmar que seus produtos foram testados, é importante confiar em fornecedores que facilitam o acesso a resultados destes testes feitos por terceiros.

A maioria das empresas de CBD que enfatizam a importância dos testes de produtos coloca os resultados destes testes disponíveis para consulta em seus sites. Você pode usar esses resultados para verificar o conteúdo do CBD, confirmar o conteúdo de THC (ou um status livre de THC) e procurar evidências de contaminação química, por metais pesados e microbiana antes de comprar.

#4 – É Possível Verificar a Origem do Seu Óleo de Cânhamo?

Houve muita confusão em torno do termo “óleo de cânhamo”. Para evitar a compra de um produto abaixo do padrão ideal, é importante saber que apenas pequenas quantidades de CBD são encontradas nas hastes e caules da planta de cânhamo. Muitas empresas estão comercializando seus produtos de óleo a partir de sementes de cânhamo de uma forma que leva os consumidores desavisados a acreditar que estão comprando óleo de CBD. Para se proteger, é importante saber que o óleo de semente de cânhamo não contém CBD. Se você não conseguir confirmar o conteúdo de CBD, escolha um produto diferente.

Como Compreender a Composição de Canabinoide de Seus Produtos de CBD

Se você decidiu que um produto de CBD derivado do cânhamo atenderá melhor às suas necessidades, é importante saber que existem três tipos principais. Durante suas pesquisas, você pode ter observado termos como full spectrum, broad spectrum e CBD isolado. Compreender as seguintes semelhanças e diferenças pode ajudá-lo a decidir qual é a composição de canabinoides melhor para você:

  • CBD de full spectrum
    O CBD de full spectrum contém todos os canabinoides vegetais, terpenos, flavonoides, vitaminas e minerais encontrados na planta original. Isso significa que o extrato de cânhamo de full spectrum também possui vestígios de THC. Muitas pessoas acreditam que o óleo de cânhamo de full spectrum oferece o maior potencial terapêutico devido a um fenômeno conhecido como efeito entourage. Esse efeito explica a capacidade que os componentes individuais da planta têm de ampliar e multiplicar o impacto dos outros.
  • CBD isolado
    Os produtos derivados do cânhamo feitos com CBD isolado são criados a partir de uma forma purificada do extrato. Após a extração e o processamento, tudo o que resta é um pó branco cristalino com até 99% de canabidiol puro, o CBD. O THC e outros compostos vegetais são removidos. O CBD isolado é inodoro, insípido e ideal para ser inserido em doces, molhos, bebidas e assados. O CBD isolado também é usado para criar tinturas de CBD livres de THC.
  • CBD de broad spectrum
    O CBD de broad spectrum possui muitos dos terpenos da planta, canabinoides adicionais e flavonoides como o CBD de full spectrum, com uma exceção importante: ele é livre de THC. Um processo chamado cromatografia é usado para remover o THC do óleo de cânhamo de full spectrum, deixando intactos muitos dos outros componentes potencialmente benéficos da planta. Isso torna o CBD de broad spectrum uma opção livre de THC para qualquer pessoa interessada nos benefícios do efeito entourage.

Como Identificar o Melhor Tipo de Produto para Suas Necessidades

Você já deve ter notado que o CBD vem sendo adicionado a tudo, desde bombas de banho efervescentes a velas, ao mesmo tempo em que várias indústrias lutam para adicionar a seus estoques produtos impregnados com cannabis. Alguns deles podem ser potencialmente benéficos, mas muitos contêm muito pouco CBD para ter um valor significativo.

As pessoas que buscam o CBD pelo seu potencial terapêutico estão muito menos interessadas nessas novidades. A maioria procura um produto seguro e confiável que atenda às suas necessidades e estilo de vida. Para ajudar a determinar a melhor forma de apresentação de CBD para suas necessidades, considere os benefícios dos seguintes produtos:

  • Tinturas de CBD
    Tinturas de CBD podem ser aplicadas topicamente, adicionadas a alimentos ou ingeridas. Muitos usuários de CBD preferem usar as tinturas via sublingual. A forma de apresentação sublingual melhora a biodisponibilidade dos canabinoides se comparada com outros métodos de administração ingeríveis, permitindo que os canabinoides entrem na corrente sanguínea através dos vasos sob a língua. Para usar uma tintura via sublingual, mantenha o óleo embaixo da língua por 30-90 segundos antes de engolir. Com o método sublingual, menos canabinoides passam pelo sistema digestivo sem serem utilizados.
  • Cápsulas e comestíveis
    Cápsulas, cápsulas de gelatina mole e comestíveis como gomas de CBD são ideais para quem procura uma dose conveniente e pré-medida de CBD sem ter que se preocupar com sacudir uma garrafa, contar gotas ou ficar respondendo a perguntas de observadores curiosos. Embora seja mais discreto do que uma tintura, pode levar mais tempo para que se sintam todos os efeitos de cápsulas e comestíveis, mas os benefícios podem durar de 6 a 8 horas.
  • Aplicação tópica
    Curativos, cremes, pomadas e adesivos transdérmicos de CBD podem ser ideais se você estiver procurando benefícios voltados a uma região específica do seu corpo. Em estudos com animais, a aplicação tópica de CBD demonstrou proporcionar alívio na dor e inflamação causadas por problemas crônicos de saúde como artrite, tendinite, neuropatia. As propriedades antiespasmódicas podem aliviar os músculos sobrecarregados. Ao mirar nos receptores endocanabinoides de sua pele, o CBD também demonstra ser um potencial calmante significativo para a dor, coceira e irritação causadas por várias doenças de pele crônicas, protegendo a pele, simultaneamente, dos danos causados pelos radicais livres.
  • Inalação de vapor de CBD
    Enquanto o cânhamo e a cannabis comum podem ser usados em um vaporizador de ervas secas, muitos entusiastas do CBD preferem a vaporização. A vaporização é considerada o método mais rápido de administração de CBD, uma vez que ignora os processos digestivos, permitindo que os canabinoides entrem na corrente sanguínea através das membranas mucosas da boca e do suprimento sanguíneo para os pulmões. Os efeitos podem ser sentidos em menos de 2 minutos. Embora os efeitos do vapor de CBD sejam mais rápidos do que aqueles dos produtos ingeríveis, eles não duram tanto.

A quantidade de CBD a ser usada por dose dependerá do seu objetivo ao usar o canabinoide. A dosagem adequada para outra pessoa pode ser maior ou menor do que aquela que você necessita. É por isso que é importante saber a quantidade de CBD nos produtos que você seleciona. Novos usuários de CBD devem começar com uma pequena quantidade e aumentá-la gradualmente até atingir os resultados desejados. Encontrar sua dosagem ideal pode demandar um pouco de experimentação. Embora o consumo excessivo de CBD não seja perigoso, pode aumentar significativamente o custo do uso padrão.

Como Encontrar CBD de Qualidade

Enquanto muitos países aprovaram legislação permitindo o acesso legal à cannabis para uso médico, as exigências para se obter uma prescrição são bastante complicadas. Embora os médicos possam prescrever tinturas, produtos de vaporização e comestíveis de CBD derivado de cannabis (o que não vale no caso do Brasil, em que apenas óleos estão disponíveis legalmente ao público), eles só podem ser receitados quando um paciente tem uma necessidade a qual não pode ser resolvida por medicamentos tradicionais. Uma vez aprovados, os pedidos de cannabis medicinal geralmente são aviados por meio de um dispensário.

O CBD derivado do cânhamo é legal em muitos países europeus, geralmente com a condição de que a empresa que vende o produto não faça reivindicações médicas. Na maioria dos países, os produtos devem conter 0,2% de THC ou menos. O CBD geralmente pode ser adquirido em lojas locais especializadas, em lojas de vaporização, em determinados boticários e em algumas farmácias. Você também tem a opção, em alguns países, de encomendar CBD online.

Seja na compra presencial ou online, sua opção mais segura é adquirir produtos de fabricantes que forneçam acesso aos resultados de testes realizados por terceiros. Você pode usar esses resultados para verificar o conteúdo de CBD e THC, e também para checar evidências de resíduos de solventes, produtos químicos potencialmente tóxicos e contaminação microbiana. Quanto ao mercado europeu, a rotulagem dos medicamentos ainda está completamente desorganizada, e os produtos sem receita abaixo do padrão são uma “pílula” amarga de se engolir.

Embora o CBD seja considerado um produto natural e seguro, os canabinoides podem interagir com vários medicamentos. Se você tem algum problema de saúde ou já toma remédios, consulte seu médico antes de comprar CBD.

Leave a comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.

By clicking "Post Comment" you agree to our Privacy Policy and to joining The Cannigma mailing list.

Você Há de Gostar

Associações canábicas: porta de entra...
Associações canábicas: porta de entrada legítima ao universo da cannabis medicinal
Estudo: cannabis na gravidez pode estar ...
Estudo: cannabis na gravidez pode estar associado a autismo em bebês
Cultivo da cannabis: como evitar mofo, ...
Cultivo da cannabis: como evitar mofo, fungo e bactéria
7 formas fascinantes com as quais a cann...
7 formas fascinantes com as quais a cannabis afeta o seu corpo

Mais Artigos

Associações canábicas: porta de entra...
Associações canábicas: porta de entrada legítima ao universo da cannabis medicinal
Estudo: cannabis na gravidez pode estar ...
Estudo: cannabis na gravidez pode estar associado a autismo em bebês
X